Inicio / Quem Somos / Sobre Nós

Sobre Nós


Ao Fundador

Cónego Aníbal João Folgado

Há pessoas que são eternas mesmo quando partem, porque deixam em vida, um rasto de eternidade. Se os recantos e as pedras pudessem falar, diriam certamente o que as palavras humanas, por serem imperfeitas e pequenas, não sabem nem podem.
Para o amor se manifestar, não basta falar nele.
É necessário construi-lo, como se constrói uma casa: com dedicação e perseverança. É necessária a coragem dos homens que não se deixam vergar sob o peso da mediocridade do mundo, mas que lutam incessantemente por causas que, aos olhos dos insensatos, parecem loucas. Os homens que constroem o amor, são sábios aos olhos de Deus e loucos aos olhos do mundo. Porque o amor, não se entende sem loucura. Exige tudo de nós, exige a entrega total, sem medo, sem limites, sem condições. O amor não existe pela metade, é uma dádiva total e um arriscar sábio e confiante.
Hoje, não poderíamos deixar de recordar um desses construtores do amor. 
O Cónego Aníbal Folgado foidos raros seres humanos que amou verdadeiramente e que levou a sério o amor. Teve a coragem de lutar pelo sonho mais bonito que alguém pode ter: o do serviço ao outro. Sonhou o amor e construiu-o. 
Passo a passo, pedra a pedra, dia a dia. Numa luta constante e desigual contra todo o mal que habita o mundo e num desprendimento total do que era seu, para que todos pudessem ser um pouco mais felizes.

Sem medo, com um espírito de sacrifício e uma força de vontade acima do imaginável, ousou a aventura da entrega.Ousou e conseguiu.

 

Missão

Acolher e apoiar, prioritariamente, a população idosa da Diocese de Bragança – Miranda potenciando a sua (re) socialização e autonomia através do envolvimento e participação de todos os atores da comunidade, oferecendo um leque diversificado de atividades específicas e adaptadas.
Esta Missão concretiza-se pela aposta nas seguintes grandes áreas de orientação:

 

  • Promoção de atividades de âmbito pastoral, espiritual e sociocultural;
  • Oferta de serviços específicos (ginástica, caminhadas, trabalhos manuais, clube de leitura, culinária, feira social);
  • Aposta na inovação e adaptabilidade a novos desafios tais como o isolamento e a dependência;
  • Formação contínua de colaboradores e famílias;
  • Abertura à Comunidade potenciando a sua activa participação na vida da Instituição;
  • Fomentar o emprego local e a sustentabilidade das respostas existentes e a criar.

 

Visão

Tratar o outro com Amor e Humanismo cristão nas relações interpessoais que se estabelecem valorizando a integralidade da pessoa, tendo em vista o seu bem-estar individual e o bem-estar da comunidade em que se insere. Disponibilizar à comunidade, e em permanência, explicações sobre os atos praticados pela Instituição, de forma clara e concisa.

Ser uma Instituição reconhecida no Distrito de Bragança pela qualidade dos serviços prestados à comunidade, (particularmente à população mais idosa), por uma gestão participada (forte envolvimento dos clientes e familiares), onde a procura da inovação e diversidade de serviços seja uma constante, tendo em vista a promoção da autonomia das pessoas e o desenvolvimento local.

 

Princípios/Valores

  • Caridade: tratar o outro com Amor e Humanismo cristão nas relações inter-pessoais que se estabelecem valorizando a integralidade da pessoa, tendo em vista o seu bem-estar individual e o bem-estar da comunidade em que se insere.
  • Transparência: disponibilizar à comunidade, e em permanência, explicações sobre os actos praticados pela Instituição, de forma clara e concisa.
  • Proximidade/participação: promover o permanente envolvimento de todos os actores na vida da Instituição, fortalecendo as relações inter-pessoais e a capacidade de auto-sustentar soluções para os problemas, colectivamente identificados.
  • Autonomia: promover a auto-sustentabilidade na medida em que todas as acções desenvolvidas pela Instituição deverão contribuir para a co-responsabilização e auto-satisfação das necessidades individuais e colectivas dos clientes.
  • Qualidade/Excelência: assumir diariamente, e de forma transversal, o compromisso da Excelência / Qualidade na e pela prestação dos serviços à comunidade.

 

Política de Qualidade

A Política de Qualidade da Fundação Betânia traduz-se na realização da sua Missão através de uma atuação dirigida e vertida nos seguintes objetivos estratégicos:

  • Desempenhar um papel proactivo e responsável no combate à pobreza e à exclusão Social.
  • Apostar na inovação contínua e adaptabilidade a novos desafios tais como o isolamento e a dependência.
  • Melhorar, qualificar e aumentar a diversidade de serviços de forma a responder mais eficazmente aos desafios e necessidades.
  • Regulamentar as atividades da organização tendo presente a necessidade de responder com mais eficácia e eficiência aos desafios e necessidades.
  • Proporcionar uma pluralidade de serviços e atividades específicas, no sentido de satisfazer as necessidades e expectativas dos clientes, visando a promoção do equilíbrio bio psicossocial.
  • Monitorizar e avaliar a satisfação dos clientes e familiares/responsáveis, visando uma melhoria contínua dos serviços prestados.
  • Formação permanente dos colaboradores.
  • Qualificar e requalificar Infraestruturas e equipamentos.
  • Incrementar, de forma transversal, a participação de todos os atores na vida da Instituição.
  • Criar mecanismos internos de participação que fomentem um maior envolvimento dos colaboradores, clientes, familiares e restantes stakeholders na vida da Instituição.

A Política da Qualidade guia-se pelos princípios deliberados pela Norma ISO 9001:2008 e os princípios orientadores reconhecidos pela Instituição, que são incluídos.